Petrópolis Convention e Visitors Bureau

4 antigas tradições de Carnaval em Petrópolis que deixaram saudade

18/02/2020

Com a proximidade dessa festa tão tradicional no Brasil, as pessoas se dividem em quem busca por folia, festa e agitação e quem busca tranquilidade, descanso e paz pra aproveitar o feriadão. Petrópolis geralmente é a escolha desse segundo grupo, já que a cidade é o destino ideal daqueles que querem fugir do tumulto e agitação da época. Mas o que muitos não sabem é que Petrópolis já teve suas épocas de Carnaval de rua e foliões animados.

Se você também não sabia dessa curiosidade, vem com a gente porque separamos algumas tradições antigas do Carnaval petropolitano. E se você viveu essa época e curtiu muito o Carnaval por aqui, vem matar a saudade com o blog de hoje!

1 – Bailes nos clubes:

Em Petrópolis desde os tempos do Império, eram comuns bailes em salões de hotéis luxuosos da época, como o Hotel de Bragança e o Rougemont, e posteriormente os bailes em clubes ganharam espaço. Criado em 1978 o baile mais tradicional do Carnaval continua sendo o Baile do Preto e Branco, que é sucessor dos Bailes de Máscaras que já aconteciam no Clube Petropolitano antes. O baile era sinônimo de status na cidade, as pessoas mais importantes frequentavam a festa e a mesma se tornou para muitas famílias uma tradição, reunindo varias gerações anualmente. Além do Preto e Branco o clube também reunia crianças e jovens nas tradicionais matinês que até hoje ocorrem durante o Carnaval.

Outro clube que também reunia adultos, jovens e crianças para a folia, era o Serrano Futebol Clube, o tradicional clube do time da cidade, que todos os anos promovia bailes para os adultos e matinês para os mais novos.

2 – Batalha de Flores:

Com influência em tradições do Carnaval francês, tendo início em Petrópolis em 12 de fevereiro de 1888, durante um dia chuvoso, a Batalha de Flores teria sido a primeira manifestação abolicionista de Princesa Isabel, que percorria as casas em um carro aberto com Conde d’Eu e seus filhos para arrecadar donativos em prol dos escravos e jogavam flores na população que os assistia. Essa tradição daria origem a outra, o corso.

3 – Corsos:

Os corsos foram a evolução da Batalha de Flores, com carros abertos, com ornamentações de diversos tipos que desfilavam pelas ruas da cidade, não só em Petrópolis, mas também no Rio de Janeiro, carregando famílias e foliões com muita alegria e animação que jogavam flores, na maioria das vezes pétalas de rosa, e limões de cheiro (pequenas bolas de cera recheadas de águas perfumadas)em quem os assistia.

4 – Carnaval de rua:

Além das festas em locais privados e das tradições mais antigas, uma brincadeira que permaneceu por muitos anos na cidade, foi o carnaval de rua. Calçadas e avenidas lotadas de pessoas aguardando para ver os desfiles e fazer guerra de confetes e serpentinas que faziam sucesso entre crianças e adultos.

E ai, você conhecia essas tradições? Bateu aquela saudade das brincadeiras do Carnaval de antigamente? Conta pra gente!

Aqui em nosso blog também temos as melhores dicas de como aproveitar o Carnaval em Petrópolis, se você ainda não deu uma olhada, corre que ainda dá tempo de se planejar e vir passar o feriado com a gente! 

Link: http://www.visitepetropolis.com/blog/detalhe/carnaval-em-petropolis-o-que-fazer-

Todas as imagens fazem parte do acervo Museu Imperial/Ibram/Ministério da Cidadania.


Comentários

siga-nos em nossas mídias sociais